Região Leste de Goiânia terá 1º shopping

Região Leste de Goiânia terá 1º shoppingOs moradores da Região Leste de Goiânia, única que ainda não abrigava um shopping center, ganharão um grande centro de compras. O Golden Shopping, que começa a ser construído no próximo mês de junho na Avenida Anápolis, entre a Vila Pedroso e o Sonho Dourado, num investimento de R$ 140 milhões, terá 250 lojas satélites, 7 âncoras e 5 salas de cinema.

O empreendimento será construído através de uma parceria entre a Queiroz Silveira Incorporadora e a Partner Corporate, empresa que atua no desenvolvimento, planejamento, implantação e gestão de shoppings centers no País. O novo shopping terá, ao todo, 95 mil metros quadrados de área construída, sendo cerca de 40 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL).

A primeira etapa, que deve ser entregue em outubro de 2016, terá 40 mil metros de área construída e 22 mil metros quadrados de ABL, que abrigarão 140 lojas satélites e 4 âncoras, além das salas de cinema. O investimento inicial será de R$ 80 milhões. O projeto foi desenvolvido com base no conceito life style, com amplos espaços de convivência e lazer, distribuídos em dois pisos de lojas, ligados por escadas rolantes e elevadores.

Demanda

Os diretores da Queiroz Silveira, Rogério Queiroz Silveira e Rodrigo Queiroz Silveira, informam que a demanda por um shopping na região foi identificada através de pesquisas, que mostraram a carência de um empreendimento deste porte na região. Segundo eles, o principal público do Golden Shopping deve ser a classe C, que predomina na região, atendendo uma área de influência de 500 mil habitantes, inclusive de municípios vizinhos como Senador Canedo, Caldazinha, Bonfinópolis e Leopoldo de Bulhões.

Mesmo assim, os empreendedores garantem que o centro de compras será um espaço muito democrático, com estrutura para atender todas as classes sociais, inclusive moradores de condomínios fechados, como o Aldeia do Vale. “O Golden já nascerá do tamanho de alguns shoppings já consolidados em Goiânia, mas que já chegará mais completo”, afirma Rogério. Uma prova disso é que a praça de alimentação já será climatizada. Além disso, o shopping terá desde lojas mais populares, como a Riachuelo, Avenida e Americanas, até lojas de tecnologia, como a Primetek.

O Golden já nascerá com duas expansões programadas, devendo ficar completamente pronto até 2023. O estacionamento do shopping contará com mais de duas mil vagas de garagem, sendo 1,3 mil já na primeira etapa. “Será um estacionamento maior que o de muitos shoppings já em operação”, destaca o consultor de varejo e diretor da Partner Corporate, Geraldo Rocha.

O shopping deve gerar 1,2 mil empregos diretos somente nas operações da primeira etapa, chegando a 4 mil empregos diretos e cerca de 8 mil indiretos quando estiver concluído. Durante as obras, serão gerados 300 empregos diretos e 500 indiretos.

Rota de comércio

Os empreendedores também já estão em negociação para que o shopping abrigue uma unidade do Vapt Vupt, serviços que costumam atrair mais público visitante. Para Geraldo Rocha, o novo shopping deve ajudar a região a se tornar uma nova rota de comércio na cidade. Segundo ele, a estimativa é que entre 10 mil e 15 mil pessoas visitem o local diariamente.

A Queiroz Silveira passou a investir no segmento de shopping centers visando diversificar sua atuação e ampliar seu portfólio. Na verdade, o Golden é o segundo shopping da incorporadora em Goiânia. O primeiro é o Shopping Lozandes, que integra o Lozandes Corporate Design, complexo de torres comerciais e residencial, localizado ao lado do novo Fórum Civil e próximo ao Paço Municipal, e que ficará pronto em outubro de 2015. Justamente pela localização, ao lado de condomínios horizontais, o Lozandes é um empreendimento mais voltado para a classe A.

Fonte
Publicado por Lúcia Monteiro
www.opopular.com.br/editorias/economia